10 de ago de 2009

O Sermão da Montanha

"Vendo ele as multidões, subiu ao monte. Ao sentar-se, aproximaram-se dele os seus discípulos. E pôs-se a falar e os ensinava, dizendo: 'Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos Céus. Bem-aventurados os mansos porque herdarão a terra. Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão sacíados. Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Bem-aventurados os puros de coração,porque verão a Deus. Bemaventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. Bem aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos Céus (...) Ouvistes que foi dito: Olho por olho e dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao homem mau; antes, àquele que te fere na face direita, oferece-lhe também a esquerda (...) Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amaí os vossos inimigos e orai que vos perseguem; deste modo vos tomareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o seu sol igualmente sobre maus e bons e cair a chuva sobre justos e injustos (...)'".
A Bíblia de Jerusalém -
Novo Testamento. São Paulo,
Edições Paulinas, 1976.
Mateus, capítulo 5

Repare na imagem de Jesus (no fundo, ao centro) nessa litogravura de Gustave Doré. Ele é representado com barba e cabelos compridos. Não há na verdade nenhum registro da real aparência física de Jesus. Todas as imagens que o retratam foram feitas anos (e mesmo séculos) após a sua morte. Não sabemos, portanto, a cor de sua pele, nem a de seus olhos ou cabelos. Muitos pintores italianos dos séculos XlV, XV e XVI consagraram, em suas obras, uma imagem do menino Jesus loiro e de olhos azuis.

0 Comentários:

Postar um comentário