4 de abr de 2010

A Constituição do Antigo Testamento

Trecho do livro do profeta Isaías encontrado no Mar Morto.
Os 39 livros do Antigo Testamento estão distribuídos por quatro grupos:
  1. Lei;
  2. História;
  3. Poesia;
  4. Profetas;.
1. Lei
Na Lei há cinco livros: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio; Os judeus chamavam esta primeira divisão de sua Bíblia Hebraica de Torah (Lei ou Instrução). 1) Genesis – O livro de Gênesis contem orientação quanto às relações de Israel com Deus, porém, poucas passagens poderiam ser consideradas no sentido do termo como leis ou regras específicas para a vida. Os outros quatro livros apresentam um grande número de leis definindo as responsabilidades humanas perante o Senhor. Todos eles encerram um pouco de história. Esses cinco livros são de autoria de Moises. Gênesis 1 a 11 apresenta uma narrativa da criação, da queda do homem no pecado e da multiplicação da raça até à época de Abraão. Gênesis 12 a 50 narra os acontecimentos na vida de Abraão e seus descendentes em Canaã e no Egito; 2) Êxodo – Este livro descreve a libertação dos israelitas da escravidão egípcia, sua viagem ao Monte Sinai, a recepção da Lei e as instruções para a construção do tabernáculo; 3) Levítico – O livro de Levítico é uma coleção de leis que constituem a base legal da vida civil e religiosa de Israel. As leis são em grande parte de natureza ritual; 4) Números – Apresenta as peregrinações para a entrada na terra de Canaã; 5) Deuteronômio – Esta palavra significa segunda lei. O livro descreve Moisés fazendo uma revisão de todas as leis dadas por Deus, preparando o povo para a entrada em Canaã.

2. Livros Históricos
Há doze livros históricos na Bíblia em língua portuguesa. (A Bíblia judaica uniu alguns desses livros formando grupos, daí ter ela no Antigo Testamento apenas 24 livros, em vez de 39.) Eles narram os eventos na vida de Israel desde sua entrada na terra de Canaã (cerca de 1290 a.C.) até cerca de 400 anos antes de Cristo. São eles: 1) Josué – Que narra a ocupação da Terra Prometida; 2) Juízes – Narra os tempos tumultuados após a ocupação da terra, antes que o povo fosse governado por reis e tivesse um regime político centralizado; 3) Rute – Narra a história de lealdade e amor numa família, durante o período dos juízes; 4) 1 e 2Samuel – Retratam o período de transição do governo tribal (teocrático – governo dos juízes) para o governo monárquico; 5) 1 e 2Reis – Narram a atuação dos reis, a divisão em dois reinos, Israel e Judá, e o declínio de ambos, até a queda de Jerusalém e início do cativeiro; 6) 1 e 2Crônicas – Repetem a história de Israel até a restauração em 538 a.C.; 7) Esdras e Neemias – Continuam a história com a volta dos primeiros judeus sob o governo de Ciro até o ano 400 a.C.

3. Livros de Poesia
São chamados também Literatura de Sabedoria, porque tratam dos problemas da vida e seu significado. São eles: 1) Jó – Trata do problema do sofrimento, desfazendo a crença que havia que ele seja indício de vida pecaminosa e de que o justo sempre prospera; 2) Salmos – Livro de cânticos com expressões de fé. Apregoam muitos deles que o guardar a lei resulta em receber bênçãos e que a confiança em Jeová nos protegerá dos inimigos; 3) Provérbios – É uma coletânea de sábios conselhos relacionados à família e a vida pessoal; 4) Eclesiastes – É um sermão que trata da questão da vaidade da vida, e de como o autor ao final reconhece que o princípio da sabedoria é o temor a Deus. 5) Cânticos dos Cânticos – É uma canção de amor cuja interpretação divide os estudiosos do assunto, julgando alguns se tratar de uma alegoria sobre Cristo e a Igreja (interpretação alegórica).

4. Livros Proféticos
Há dezessete livros proféticos, classificados em dois grupos: Profetas maiores em número de cinco (Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, e Daniel) e Profetas Menores, em número de doze (Oséias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias). Os cinco livros dos Profetas Maiores têm quatro autores, porque Jeremias é também autor de Lamentações.

0 Comentários:

Postar um comentário