12 de fev de 2010

Eu odeio o evangelho da prosperidade!

Renunciando o "evangelho do oba, oba".


5 Comentários:

Meu Pr. Maxmiler, Graça e Paz.
Gloria Deus! Muito bom tenho também esta visão. Eu me emocionei com esta mensagem. Também odeio esta teologia das riquesas e prosperidade.
Deus te abençoe. Muito bom.
Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com/

Josiel Dias, é isso mesmo!

Querido, eu glorifico a Deus pelo fato de Ele próprio preservar homens como nós, que não se iludem com este evangelho de facilidades. Graças a Deus, que sempre preserva um remanescente fiel as Sagradas Escrituras.

Estamos juntos... até a volta de Cristo!

Caro Maxmiler,

Estou aqui para retribuir a sua visita ao meu blog e já estou seguindo-o também.

Vejo que temos algo em comum: eu também detesto essa nefasta "teologia da prosperidade". Aliás, abomino a confissão positiva de "A a Z". Tudo isso comprova os tempos difíceis em que vivemos. Tempos em que crentes fracos sucumbirão. O que restará, de fato, é o remanescente que "não se dobrou a Baal e nem a Mamon".

Grande abraço, no amor do Senhor!

Ricardo

Irmão Ricardo, me sinto privilegiado com a sua visita ao meu blog, ainda mais por segui-lo. Lhe agradeço profundamente e espero suas visitas mais vezes.

Que o SENHOR nos preserve n'Ele, que nos elegeu e nos fez filhos do Seu Amor!

Deus lhe Abençoe!

Concordo com o pr. Piper, realmente é irritante o anuncio do evangelho da prosperidade com seus frutos, nem sempre bons,q alem de causar inveja, prosperam mais os pregadores dele do q o povo iludido pelas "promessas"; q eu eu saiba prá Igreja de Cristo são prometidas bençãos sim, mas espirituais de acordo com o Ap. dos gentios, Paulo em Efesios capitulo 1.3. Obrigado pela deixa de comentar. josé

Postar um comentário